08.03 – Dia da Mulher por Carolina Massiere.

Primeiramente o Dia da Mulher é dia de celebrar todas as conquistas que tivemos até aqui com muito esforço e determinação, tanto em sociedade mas principalmente dentro de nós.

Também precisamos lembrar que fomos educadas numa sociedade patriarcal em que a “regra do pai” é um conjunto de crenças injustas e opressivas tanto para homens quanto para mulheres.

Então se você já foi como uma dessas meninas que cito aqui embaixo e conseguiu enfrentar sua barreira, comenta aqui pra mim. E sinta-se abraçada, esse dia é sobre isso! 🙌🏻🌻🙋🏼‍♀️

– Meninas que algum dia foram reprimidas por se expressarem livremente. (Isso não é coisa de menina, princesa não faz isso, isso não é comportamento de mulher descente);
– Meninas encorajadas a sonharem com o “ príncipe” e o “ castelo” e que precisam ter alguém para ser feliz;
– Meninas desencorajadas a seguir alguma profissão pois aparentemente é muito difícil de conquistar;
– Determinados Esportes não são para meninas;
– Meninas incentivadas a ir em busca de um provedor;
– Meninas competindo e julgando umas as outras desde o jardim de infância;
– Meninas que não aceitam a própria beleza por não estar dentro de um determinado padrão e se rejeitam;
– Meninas se tornando objeto de atração e satisfação sexual para homens esquecendo que o próprio prazer vem em primeiro lugar;

– Meninas que acreditam que o prazer está em apenas “chamar a atenção” e esquecem de alimentar o “cérebro” e a “alma”;
– Meninas que acreditam que devem ser reprodutoras e responsáveis pelos papéis de casa sem poder dividir as responsabilidades com seus parceiros;
– Meninas que abrem mão de um sonho profissional por acreditar que não conseguiria equilibrar com a vida em família;
– Meninas que acreditam que o divorcio a marginaliza socialmente e a faz uma pessoa diferente;
– Meninas que tem dificuldades de enxergar valor em si pois desde muito novas foram assediadas, violentadas física e verbalmente;

Feliz dia da Mulher de Carolina Massiere!